São Guido de Anderlecht

Santo do Dia 12 de Setembro

by Cynthia
0 comment

Última atualização há 2 anos by Cynthia

Origem

São Guido ou Guido de Anderlecht, era filho de camponeses cristãos e viveu entre os séculos X e XI.

Ela nasceu na Bélgica, na região de Brabante e desde cedo desejava seguir a vida religiosa, sendo muito desapegado dos bens materiais.

Guido abandonou a casa dos pais para se dedicar à vida religiosa e foi para Laken, próximo à Bruxelas para ser sacristão do vigário local.

Vida Religiosa

Quando seus pais morreram, Guido se tornou comerciante com o objetivo de usar o dinheiro que ganharia com essa profissão para ajudar aos pobres e doentes.

Porém, Guido percebeu que seu caminho seria realmente o da vida religiosa, quando um navio seu, repleto de mercadorias para comercializar, afundou nas águas do Rio Sena.

Ele decidiu então se dedicar totalmente aos pobres e necessitados e se tornou um peregrino, percorrendo durante  sete anos as estradas da Europa, no trabalho assistencial e também visitando santuários cristãos.

Morte e Devoção

Quando, após todos esses anos de peregrinação, adoecido e cansado, Guido retornou para sua terra natal morrendo pouco tempo depois.

Guido já tinha fama de santidade quando morreu e sua sepultura se tornou local de peregrinação e devoção. No mesmo local foi construída uma igreja dedicada a ele.

A grande devoção a ele se dá principalmente entre os trabalhadores do campo e cocheiras e ele é considerado Protetor das cocheiras e dos cavalos.

Dizem que São Guido morreu por consequência de uma forte infecção intestinal e por isso muitos fiéis pedem sua intercessão na cura desse mal.

Sua festa é celebrada no dia 12 de setembro e em sua cidade natal ocorre, por conta de sua festa, uma procissão onde se pedem bençãos para os cavalos e cavaleiros.

Oração

“Deus nosso Pai, colocamos sob a Vossa proteção todo o nosso agir e todo o nosso viver.

Em tudo procuremos a simplicidade, a cordialidade e a alegria cristã, pois lamúrias e tristezas para nada servem.

Procuremos mais ajudar que ser ajudados, mais servir que ser servidos, mais somar que dividir, mais ouvir que falar.

Que não faltemos com a cordialidade e o respeito, sobretudo para com os que vivem junto a nós.

São Guido de Anderlecht, rogai por nós. Amém!”

Artigos Relacionados

Leave a Comment