São Frumêncio

Santo do Dia 27 de Outubro

by Cynthia
0 comment

Última atualização há 2 anos by Cynthia

Origem

São Frumêncio viveu no século IV, no tempo do Imperador Romano Constantino.

Sua história conta que recebeu uma educação cristã e quando adolescente foi discípulo de um filósofo chamado Merópio.

Foi durante sua adolescência, como discípulo do filósofo, que São Frumêncio acompanhou seu mestre em uma expedição de navio à Índia.

Na viagem de volta o navio onde estavam parou no porto de Adulis, no Mar Vermelho, quando foram atacados por piratas da Etiópia, que roubaram e mataram a todos, tripulação e passageiros, com excessão de Frumêncio e um amigo também adolescente e discípulo do filósofo Merópio, chamado Edésio.

Salvação pela Fé Cristã

Os dois adolescentes foram levados pelos piratas e entregues como escravos ao rei da Etiópia.

O rei ficou impressionado ao perceber a sabedoria e a firmeza dos dois adolescentes e admirado com a fé cristã dos jovens, decidiu que eles ficariam trabalhando no palácio, colocando Edésio como copeiro e Frumêncio como seu secretário direto.

Aos poucos os dois jovens foram conquistando o respeito e a simpatia de todos na corte e, principalmente, conquistando a confiança da rainha.

Quando o rei morreu a rainha assumiu o trono como regente, pois o filho ainda não tinha idade para assumir.

A rainha então, libertou Frumêncio e Edésio mas pediu que assumissem a educação de seu filho e só fossem embora após concluirem essa missão.

Frumêncio e Edésio assumiram esse compromisso com muito amor percebendo a oportunidade de ensinar os princípios cristãos ao príncipe.

A Semente Cristã

Durante seu compromisso com a educação do príncipe, Frumêncio e Edésio receberam autorização da rainha para construírem uma igreja próxima ao porto da cidade.

A finalidade da igreja era atender aos viajantes mercadores cristãos que passavam pela cidade.

A construção dessa igreja contribuiu imensamente para que a fé cristã fosse difundida entre o povo da Etiópia e foi também o início do Cristianismo na África.

A iniciativa dos dois jovens cristãos, ex-escravos, Frumêncio e Edésio, possibilitou que a fé em Cristo nascesse no continente africano.

Missão Religiosa

Ao concluirem a educação do príncipe e futuro rei, como prometido pela rainha, os dois jovens puderam retornar para sua terra natal.

Edésio voltou para a terra natal de ambos, a cidade de Tiro, na Fenícia e atual Líbano mas Frumêncio foi para Alexandria, no Egito.

Em Alexandria, Frumêncio procurou o bispo da cidade, Atanásio, para pedir-lhe que designasse um bispo e também sacerdotes missionários para que dessem continuidade ao trabalho de evangelização do povo da Etiópia.

O Bispo Atanásio, impressionado e admirado com o trabalho realizado pelos jovens cristãos, entendeu que o mais indicado para seguir com a missão de evangelização na Etiópia seria o próprio Frumêncio e o nomeou Bispo da Etiópia.

A partir desse acontecimento Frumêncio foi chamado para a missão religiosa e compromisso com Cristo e retornou para a Etiópia, como seu bispo.

O Cristianismo na África

Ao retornar para a Etiópia, Frumêncio encontrou o jovem príncipe já coroado rei e este, ao saber que seu antigo mestre a quem muito admirava e respeitava se tornara bispo, também se converteu ao Cristianismo, sendo batizado.

O rei então, convertido à fé cristã, convidou seus súditos para que o acompanhassem em sua nova fé no amor e ensinamentos de Jesus Cristo.

A partir daí nasceu o Cristianismo na Etiópia.

São Frumêncio dedicou sua vida à evangelização do povo da Etiópia e por seu exemplo na fé e preceitos cristãos, foi venerado pelo povo e foi chamado de “Abba Salama”, que significa “Pai da Paz”

Morreu no ano 380 e ficou sendo chamado de Apóstolo da Etiópia.

Oração

“Deus de amor, pela intercessão de São Frumêncio, concedei-nos ardoroso espírito missionário,

para que possamo enfrentar os obstáculos que possam aparecer no decorrer de nosso apostolado.

Por Cristo nosso Senhor. Amém!”

Artigos Relacionados