São Clemente I

Santo do Dia 23 de Novembro

by Cynthia
0 comment

Última atualização há 2 anos by Cynthia

Origem

São Clemente nasceu em Roma, no século I e era filho de um senador romano, de nome Faustino. Sua família era parente do então imperador, Domiciano.

Clemente conviveu com os Apóstolos João Evangelista e Filipe, com quem colaborou e foi discípulo do Apóstolo Paulo, recebendo toda a riqueza de seus conhecimentos e experiências.

Clemente foi sucessor de Pedro no comando da Igreja, sendo o quarto Papa da Igreja de Roma.

Papa Clemente I

O Papa Clemente I comandou a Igreja entre os anos 88 e 97.

Durante seu pontificado defendeu firmemente a união da igreja diante de ameaças de rupturas e divisões internas.

Ele escreveu um importante documento, uma carta enviada aos coríntios, que não mais queriam seguir a Igreja de Roma. Na carta ele falou da vivência no amor de Jesus Cristo, com incentivo à união, à paz e à perseverança na fé e ensinamentos de Jesus. Através dessa Carta aos Coríntios, Clemente I afirmou a importância do respeito à hierarquia da Igreja e da autoridade do Papa.

O Papa Clemente I instituiu o uso da expressão “Amém”, que quer dizer “Assim seja”, nos ritos da igreja e restabeleceu o sacramento da Crisma.

O pontificado de Clemente I, por seu exemplo de fé e defesa dos preceitos cristãos, promoveu muitas conversões ao Cristianismo. A própria irmã do Imperador Domiciano, Domitila, foi convertida à fé cristã.

Exílio e Morte

O Imperador Nerva, sucessor de Domiciano, incomodado com a expansão do Cristianismo durante o pontificado de Clemente I, mandou este para o exílio na Criméia, atual região da Ucrânia.

Durante seu exílio, Clemente I foi uma força e um conforto para outros cristãos exilados e condenados a trabalhos forçados. E além disso, realizou muitas conversões de pagãos ao Cristianismo.

Por essa atuação do Papa Clemente I no exílio, o então novo imperador de Roma, Trajano, exigiu que o religioso prestasse sacrifícios aos deuses romanos.

Clemente I se negou a fazê-lo e diante disso, o Imperador Trajano mandou que ele fosse jogado ao mar com uma âncora amarrada ao pescoço.

Segundo consta, esse fato ocorreu no dia 23 de novembro do ano 101. Seu corpo foi recuperado e sepultado, passando a ser venerado como santo.

No ano de 869, o corpo de São Clemente I foi levado para Roma e depois foi sepultado na cidade de Collelungo, também na Itália, onde foi construída uma igreja em sua homenagem.

A festa litúrgica de São Clemente I é celebrada no dia 23 de novembro.

Oração

‘Deus, Pai de bondade, e Princípio de toda autoridade, concedei-nos, pela intercessão de Vosso servo Clemente I,

a pronta obediência à Vossa vontade, e o respeito humilde àqueles que em Vosso nome exercem o múnus de dirigir os irmãos.

Concedei também a estes o amor e a sabedoria, para agirem com justiça e caridade nas suas funções, de tão alta responsabilidade.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém!”

Artigos Relacionados