São Benedito

Santo do Dia 05 de Outubro

by Cynthia
0 comment

Última atualização há 2 anos by Cynthia

Origem e Família

São Benedito, um dos mais populares e queridos santos da igreja, nasceu em 1526 na Sicília, Itália.

De origem africana, seus pais vieram da Etiópia como escravos. Seu pai Cristóvão herdou o nome de seu senhor, Manasseri.

Os pais de Benedito não queriam ter filhos para que não fossem escravos, porém seu senhor prometeu que daria a alforria para o ou os filhos nascidos. No entanto, quando Benedito nasceu, o senhor concedeu alforria também para seus pais e Benedito também recebeu o sobrenome do senhor de seus pais.

Seus pais eram católicos e Benedito foi criado dentro dos princípios cristãos tendo por hábito rezar o Rosário.

Vida Religiosa

Benedito era pastor de ovelhas na infância porém demonstrava muita devoção à religiosidade e a Deus.

Quando jovem era muito insultado devido à cor de sua pele mas enfrentava tudo com muita paciência e acabou convidado, aos vinte e um anos de idade, pelo Frei Franciscano Jerônimo Lanza, fundador da Irmandade de São Francisco de Assis, a ingressar na ordem franciscana que se localizava em Palermo.

Benedito ingressou na irmandade franciscana eremita e foi muito dedicado durante o tempo em que viveu entre eles. Mesmo  analfabeto, demonstrava muita sabedoria e religiosidade sendo muito devotado à oração.

Quando o frei Jerônimo morreu, em 1562, o Papa da época, Paulo IV, extinguiu a Irmandade de São Francisco pois considerava que somente deveria existir a Ordem de São Francisco de Assis e, dessa forma, os eremitas da Irmandade tiveram que se deslocar para outras ordens e conventos.

Benedito se transferiu para o Convento de Santa Maria de Jesus, que também ficava em Palermo, onde ficou por toda sua vida.

Nesse convento Benedito continuou a exercer as funções mais humildes. Assim como na Irmandade anterior, também no convento sua tarefa era a de faxineiro e depois cozinheiro, entretanto, por sua religiosidade e devoção às orações e por seu amor e dedicação ao próximo, mesmo analfabeto foi se tornando um líder entre os religiosos.

Benedito possuía uma sabedoria natural e era um exemplo de trabalho no amor e caridade para com todos. Essas virtudes o tornaram um conselheiro para outros religiosos e ele acabou sendo eleito superior do convento, no ano de 1578.

Por ser negro, Benedito era muito considerado pelos escravos mas era também muito celebrado por todos, pois já havia em torno dele uma aura de santidade e de milagres realizados através da força de suas orações, além da sabedoria de suas palavras que todos queriam ouvir.

Morte e Canonização

Quando Benedito deixou de ser superior do Convento de Santa Maria de Jesus, reassumiu suas funções como cozinheiro e foi assim, com toda a humildade e desapego que exemplificaram sua vida, que morreu aos 65 anos de idade, no dia 04 de abril de 1589.

Em 1807 foi canonizado pelo Papa Pio VII e é considerado o Padroeiro dos negros e também dos cozinheiros.

São Benedito é representado com o menino Jesus nos braços porque quando estava em profundas orações era visto com um bebê nos braços.

Sua festa litúrgica é celebrada no dia 04 de abril em outros países, porém no Brasil é celebrada no dia 05 de outubro.

Oração

“Glorioso São Benedito, grande confessor da fé, com toda confiança venho implorar a vossa valiosa proteção.

Vós, a quem Deus enriqueceu com dons celestes, consegui-me as graças que ardentemente desejo, para maior glória de Deus. Confortai o meu coração nos desalentos.

Fortificai a minha vontade para cumprir bem os meus deveres. Sede o meu companheiro nas horas de solidão e desconforto.

Assisti-me e guiai-me na vida e na hora de minha morte, para que eu possa bendizer a Deus nesse mundo e gozá-lo na eternidade.

Com Jesus Cristo, a quem tanto amastes. Assim seja!”

Artigos Relacionados

Leave a Comment