Santa Teresinha do Menino Jesus

Santa do Dia 01 de Outubro

by Cynthia
0 comment

Última atualização há 2 anos by Cynthia

Origem e Família

Nascida Marie Françoise Therése Martin, em 02 de janeiro de 1873 na cidade de Alençon, França, Santa Teresinha é hoje em dia uma das mais populares santas da igreja católica.

Seus pais eram muito católicos e tanto seu pai Louis Martin, como sua mãe Marie Azélie Guérin, tentaram, quando solteiros, ingressar na vida religiosa, porém nenhum dos dois conseguiu realizar esse sonho. Sua mãe inclusive, decepcionada por não ter sido aceita na Ordem religiosa, aprendeu a bordar e acabou abrindo seu próprio negócio com muito sucesso.

Devido ao sucesso nos negócios da mãe a família de Teresa vivia com muito conforto, em ótima situação financeira.

Seus pais tiveram nove filhos, quatro dos quais morreram muito cedo, três ainda bebês e um ainda criança. Sobreviveram cinco meninas incluindo Teresa que era a caçula.

Vida Religiosa

Desde cedo Teresa demonstrou que seu caminho seria o da vida religiosa, assim como o de suas irmãs. Suas quatro irmãs mais velhas se tornaram freiras.

Teresa ficou orfã de mãe aos 04 anos de idade e precisou se separar do pai quando este começou a ter problemas psicológicos. Por esses motivos e também por demonstrar o desejo pela vida religiosa desde cedo, Teresa conseguiu aos 15 anos de idade, uma autorização especial do Papa Leão XIII para ingressar no Convento das Carmelitas, onde já estavam duas de suas irmãs.

Teresa era muito espiritualizada e cultivava uma profunda fé. Dedicou sua curta vida como religiosa, pois morreu muito jovem, às orações, às penitências e provações. Teresa ansiava pela santidade.

A vida religiosa de Teresa foi de total dedicação às orações pelos mais necessitados, em profunda fé e confiança em Nossa Senhora, em Jesus Cristo e em Deus. Orava com profundo amor e entrega.

Legado, Morte e Canonização

Teresa, além do seu exemplo de devoção e fé, também deixou obras escritas. Ela deixou um relato sobre sua vocação e seu amor, devoção e fé e sobre seu caminho na vida religiosa. Esse relato autobiográfico foi publicado após sua morte, intitulado “A História de uma Alma”.

Além disso, escreveu orações, poemas e peças religiosas. Também as cartas que escreveu foram preservadas e fazem parte do legado de Teresa. Obra essa que deixa um exemplo de devoção, amor e confiança na Providência Divina.

Teresa morreu jovem no dia 01 de outubro de 1897, com apenas 24 anos de idade, de tuberculose. Sempre devotada e confiante no amor de Deus, em seu leito de morte prometeu um “chuva de rosas” sobre a Terra depois que partisse.

Ela cumpriu e ainda cumpre essa promessa, atrvés de suas obras e das graças e milagres realizados por sua intercessão.

Teresa se tornou Santa Teresinha do Menino Jesus ao ser beatificada em 1923 e canonizada em 1925, pelo Papa Pio XI.  e sua festa é celebrada no dia 01 de outubro.

A Basílica de Lisieux, cidade onde Santa Teresinha morreu, depois da Basílica de Lourdes é o destino religioso mais visitado.

Santa Teresinha é a Padroeira de todos os missionários, homens e mulheres e os fiéis pedem por sua intercessão na cura da tuberculose.

Oração

“Santa Teresinha, a vós recorremos em nossas trevas.

Alcançai para nós, para nossa Pátria, as luzes do Divino Espírito Santo, para que todo nosso íntimo seja luz e claridade, para que recebamos sempre os raios benéficos e esplêndidos de quem se apresentava ao mundo como a Luz celeste.

Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós”

Artigos Relacionados

Leave a Comment