Santa Regina

07 de Setembro

by Cynthia
0 comment

Última atualização há 2 anos by Cynthia

Origem e Família

Santa Regina ou Regina, de nascimento, viveu no século III, em Alise, na França.

Sua mãe morreu durante seu parto marcando seu nascimento por uma tragédia e ficando Regina aos cuidados de uma ama de leite. Sendo sua ama de leite cristã, a mesma educou Regina nos prinípios da fé e das virtudes cristãs.

Sob essa influência Regina foi tornando-se muito piedosa, crescendo com a convicção de que queria ser esposa de Cristo, inclusive pedindo para ser batizada mesmo vivendo em um ambiente familiar pagão.

Regina era muito bonita fisicamente mas nunca aceitou a corte dos rapazes que desejavam esposá-la, preferindo dedicar-se às orações e penitências.

Martírio

O martírio de Regina começou muito cedo e dentro de sua própria casa. Seu pai era um servidor do Império Romano e insistia para que ela aprendesse a reverenciar os deuses, o que ela não seguiu.

Um dia, recebendo a denúncia de que sua filha era cristã seu próprio pai a denunciou ao Imperador Décio, que tentou seduzir Regina com inúmeras vantagens caso renunciasse a Cristo.

Como ela jamais cedeu mantendo-se sempre fiel à sua fé, o Imperador mandou Regina para o martírio, onde ela sofreu as mais terríveis torturas até ser decapitada, acredita-se que em 07 de setembro do ano 251.

Culto e Fé

Regina é uma mártir na história do Cristianismo pois manteve-se fiel à sua fé em Cristo mesmo diante das maiores dificuldades e até mesmo torturas físicas.

Por todo o mundo cristão se difundiu o culto a Santa Regina e no local onde foi sepultada foi erguida uma capela, que se tornou um local de peregrinação onde as pessoas passaram a pedir por sua proteção e intercessão em curas. No local da construção da capela mais tarde foi construído um mosteiro e ao longo do tempo foi nascendo a vila de Sainte- Reine, na França.

A celebração à Santa Regina acontece no dia 07 de Setembro e ela é muito venerada na França e no sul da Alemanha.

Oração

“Deus Pai de amor, concedei-nos acreditar na Vossa presença entre nós e a dedicar tempo para fortalecer os laços de nossa fé. A exemplo de Santa Regina, fazei-nos dedicar todo nosso amor para vos louvar acima de todas as coisas. Por Cristo nosso Senhor. Amém!”

Artigos Relacionados

Leave a Comment